Buscar
  • Herculano

PARCERIA DE RISCO

Cleverson João Batista, ligado ao MDB, veio de Blumenau e é o presidente do Samae de Gaspar desde que o mais longevo dos vereadores, José Hilário Melato, PP, deixou a autarquia para se reeleger à Câmara.


Cleverson quase indicou Guto Reinert, outro blumenauense, experiente em água, para uma função comissionada aqui em Gaspar.


Desistiu, diante do passado e do noticiário recente contra Guto. Entretanto, está alinhavado que Guto fará uma parceria por uma empresa: vai cuidar da troca de hidrômetros e vazamentos, setor que já tem até três funções gratificadas.


Guto Reinert, Podemos, foi diretor de Operações do Samae de Blumenau e indiciado na Operação Soldo Inflado. Um inquérito apurou autorização desproporcional de horas extras na autarquia. Guto concorreu a vereador e foi impedido de assumir com os seus 2.045 votos, porque a sua desincompatibilização não aconteceu dentro do prazo legal. Acorda, Gaspar!