Buscar
  • Herculano

O "TURISMO POLÍTICO" A BRASÍLIA E FLORIANÓPOLIS PELAS EMENDAS

Atualizado: 16 de jun. de 2021

Se nada mudar, nesta terça-feira, o vereador Ciro André Quintino, MDB, estará em Brasília. Fazendo o quê? Visitando os gabinetes do deputado Federal, Carlos Chiodini, MDB, do qual é cabo eleitoral aqui em Gaspar, e do senador Dário Berger, MDB. Qual o objetivo? Arrancar emendas parlamentares para obras do governo de Kleber Edson Wan Dall, MDB.


Nada de errado, se há duas semanas, tanto o deputado como o senador não estivessem exatamente com vereador Ciro aqui em Gaspar durante o polêmico Encontro Regional do MDB.


Vai se gastar tempo e dinheiro público para ir a Brasília, naquilo que podia ter sido feito aqui. É um malabarismo para justificar viagens de resultados duvidosos.


Nada de errado, se deputado e senador não estivessem em plena campanha de reeleição. Afinal, são eles que precisam do cabo eleitoral, e que é o vereador. Tanto que na maioria dos casos estão os deputados e senadores percorrendo as bases, oferecendo as tais emendas parlamentares.


Aqui, e em muitos outros lugares, o cavalo corre atrás do rabo.


A falta de planejamento - ou o vício político - impediu Ciro de negociar tudo isso há duas semanas sem sair de Gaspar. Em tempo de pandemia e de mundo digital, tudo se faz num clique pelo smartphone. Mas...


Ciro se declarou MDB desde criancinha. Já escrevi aqui que não é bem assim. A família nasceu no que hoje é o PP. Ele foi tucano. E está doido para trocar de partido - e não é de hoje - porque quer ser prefeito de Gaspar. O problema é que no ônibus do MDB ele não está na janela. Nem massa, nem financiadores.

Retomo e finalizo.


E se tudo isso não fosse pouco, terça-feira é dia de sessão na Câmara. É apenas uma por semana, Mas, Ciro que já foi presidente da Casa por várias vezes e teve uma queda brutal de votos - daquilo que chama de massa -, não percebeu que os tempos e cobranças das massas são outras.


A não ser que Ciro está arrumando uma boa desculpa para ficar distante da cidade e da sessão desta terça-feira e não assumir a defesa de Kleber, se o líder do governo, José Hilário Melato, PP, se ausentar da sessão, como aconteceu na semana passada. Acorda, Gaspar!


Atualização das 8h15min deste dia 16.06. Como registram fotos de encontros e comemorativas, bem como a ausência na sessão de ontem da Câmara, o vereador Ciro André Quintino, MDB, está em Brasília.