Buscar
  • Herculano

MUDOU COMPORTAMENTO?


Da esquerda para a direita: secretário André Motta Ribeiro, o prefeito e a vice de Blumenau, o presidente da AMMVI, na prefeitura de Blumenau discutem a gravidade da Covid-19


A mudança súbita do comportamento tolerante para "preocupado" do governo de Gaspar, o prefeito Kleber Edson Wan Dall, MDB, sobre o que está supostamente por vir no agravamento da Covid-19 na região, não vem exatamente pela sua conscientização, mas das consequências para a sua imagem política, a mesma que surpreendeu e laçou o prefeito de Chapecó, o populista João Rodrigues, PSD.


Primeiro, ontem em Blumenau, Kleber ouviu de viva voz do secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, diante do prefeito de lá, Mário Hildebrandt, Podemos, que o quadro não é nada animador se não houvesse conscientização e ação integrada das lideranças políticas da região para conter a suposta "nova" onda de contágio.


Depois, Kleber é o presidente da AMMI - Associação de Municípios do Médio Vale do Itajaí - e como tal precisava dar e liderar exemplo. Programou uma "reunião" para terça-feira que vem. Foi orientado a antecipá-la.


E por fim, Kleber foi informado de que em Florianópolis, colecionava-se uma série de informações de que ele estava fechando os olhos por aqui, principalmente a correligionários para eventos tipos bailões. Ele se propagavam na comunicação e estimulação pelas redes sociais. Mais, havia até eventos com chancela pública, como um que estava programado para este final-de-semana, no caminho do Morro Parapente.


Diante de realidades e de números que mostrei hoje em outro artigo, onde, proporcionalmente, morreu-se mais de Covid do que em outros municípios da região, Kleber, aconselhado, resolveu sair da inércia. Vai fazer a parte passiva que lhe cabe: pedir moderação. Acorda, Gaspar!