Buscar
  • Herculano

"LOGO ISSO PASSARÁ"


As entidades empresariais de Gaspar estão com uma campanha testemunhal no "ar" com o slogan "logo isso passará". Ela, basicamente, por seus líderes, pede consciência da classe, para os cuidados preventivos - uso de máscaras, distanciamento social, higiene das mãos etc - para debelar, ou ao menos, diminuir os afetados pela pandemia.


Já escrevei sobre isso e elogiei.


Mas, o comportamento estranho a esses cuidados mínimos e de respeito à vida, bem como a insistência de burlá-los, também já mencionei aqui outras vezes, sob o protestos dos afetados.


Esta foto é de ontem. É depois da campanha ter ido ao "ar". É do correspondente bancário do Banco do Brasil que está instalado ali na Sociedade Alvorada.


Nela, as atendentes, não usam máscaras.


Ah, mas estão protegidas por um anteparo de vidro, poderia se justificar esquecendo-se que elas devem dar o exemplo ao exigir que os clientes tenham esse cuidado.


Mas, não estão. A foto - dentre muitas que escolhi - mostra que esse anteparo há furos para a comunicação entre os que estão no atendimento, bem como um amplo vão para se passar documentos, dinheiro, vírus etc e tal, pois ele fica bem na altura da atendente.


Este flagrante não é o único e persistente em Gaspar e tudo nas barbas da fiscalização, sem falar, que também diante de uma campanha correta, mas que não sensibiliza nem os próprios empresários, que a fazem. Desse jeito a crise sanitária, econômica e de empregos, isso não passará. Acorda, Gaspar!