Buscar
  • Herculano

JORGINHO LIMITOU OS COMENTÁRIOS NAS SUAS REDES SOCIAIS

O senador Jorginho Mello, PL, esteve lá em Blumenau na terça-feira passada. Já escrevi sobre isso aqui. Foi para justificar seus posicionamentos sobre o uso da verba de R$200 milhões dos impostos estaduais para terminar os lotes um e dois da BR 470, uma obra federal que teve corte substanciais do Orçamento.


No cabo de guerra e a mando do presidente Jair Messias Bolsonaro, sem partido, Jorginho abriu um confronto com o governador Carlos Moisés da Silva, sem partido, para que seu aparelhado DNIT em Santa Catarina, aplique os recursos estaduais em outros trechos, foram do que foi pactuado na Alesc e assim, se atrase o que já está quase pronto.


O senador gravou em Blumenau um vídeo e o colocou nas redes sociais se justificando. Disse que veio ouvir a cidade e respeitar os 53 mil votos que recebeu por lá etecetera e tal. Mas, ao mesmo tempo ele limitou o acesso do povo à área de comentários dessas redes. Ou seja, o Senador, de verdade, não está mesmo ouvindo a comunidade e o que ela pensa sobre a aplicação prioritária desses R$200 milhões. E o candidato Jorginho quer ser governador.