Buscar
  • Herculano

GOVERNO KLEBER É UMA MÁQUINA DE PROPAGANDA POLÍTICA, MESMO NA DESGRAÇA E NO ERRO



Ontem, o governo de Gaspar, Kleber Edson Wan Dall, MDB, comemorou ter ele e seus "çabios", inclusive à sua secretária de Saúde, uma curiosa no ambiente e conhecida por ser uma recitadora de versículos, Silvania Jonoelo do Santos, finalmente ter vacinado, vejam bem, em local e de forma apropriados, 1.284 idosos entre 70 e 74 anos. Meu Deus!


Se não fosse esse blog e parte das mídias sociais de Gaspar, Kleber, seus "çabios" e a equipe técnica da secretaria de Saúde, estariam vacinando em regime de mutirão, os idosos junto com doentes ou possíveis contaminados no centro oficial de triagem da Covid-19, como se armou para a propaganda e a marquetagem no domingo passado no Ginásio prefeito João dos Santos. O prefeito, o ator da marquetagem, estava lá. Avalizou tudo.


Naquele domingo, idosos com mais de 75 anos, aglomerados, sob sol e calor, na mesma porta de entrada dos que se faziam exames para se saber se estavam com Covid e sem a possibilidade de drive thru (vacinação dentro dos veículos) aos com problemas sérios de mobilidade, esperavam e foram vacinados. Uma vergonha inexplicável.


Para Kleber e fica bem claro depois da "operação abafa" de ontem, seus objetivos não eram exatamente vacinar e proteger uma camada vulnerável da nossa sociedade, mas a de promover o político e um governo feito de sucessivos erros, acobertados por falta de oposição, imprensa e vigilância da sociedade organizada. Incrível!


Kleber e os seus "çabios" fizeram propaganda e marquetagem em algo urgente e essencial para a proteção de pessoas. Filmetes, fotos, cartazetes feitos com esmero de profissionais de agências de propaganda, ou seja, com dinheiro público, com logo e tudo, para os idosos segurarem e até darem depoimentos, como se fosse um favor. Tudo passado de mão-em-mão, mais uma vez, sem os devidos cuidados sanitários. Meu Deus!


Somos oficialmente, até hoje, 104 mortos por Covid-19. Este cartaz Kleber não faz e não segura nas suas mãos.


Resumindo, para abafar o que fez de errado primariamente, repito, primariamente, no domingo, nesta quarta-feira Kleber e seus "çabios" ao invés do pedido público de desculpas, foi à forra, como é bem do seu estilo.


E redimiu-se com muita propaganda, marquetagem e comemoração usando gente idosa, vulnerável, com medo de morrer e em tempo de desgraça para todos. Circo de político e de espertos, como se todos fossem anões mentais. Ele e os seus acham esse blog um perigo, não o que fez domingo.


No domingo até a NSC apareceu por aqui para registrar o feito, não enxergou nenhuma anormalidade, mas conseguiu na mesma edição estadual do Jornal do Almoço, acertadamente, registre-se, ver problema que menor em São Francisco do Sul - que aconteceu por aqui e ela presenciou - e o denunciou.


A operação abafa começou no próprio domingo quando este blog registrou esses crassos erros técnicos na vacinação da propaganda em marquetagem em cenário impróprio.


Na terça-feira, o líder do MDB na Câmara, o que já foi secretário de Saúde do petista, Pedro Celso Zuchi, Francisco Hostins Júnior, veio a público anunciar que depois de meses de preparação, começaria nesta quarta-feira a vacinação em local apropriado na Arena Multiuso prefeito Francisco Hostins, na Margem Esquerda. Fake News!


Hoje a vacinação continua lá. E muita água no pátio oriundas da chuvas de ontem. E muita gente marqueteira do governo por lá, como presidente da Fundação Municipal de Esportes e Lazer, Roni Muller, que já teve Covid e passou um perrengue, por lá para a promoção do governo.


Se realmente estavam prontas as quatro salas de vacinação e a possibilidade de drive trhu na Arena, qual a razão para se expor idosos à doença como fizeram no domingo?


Isso beira e tipifica crime. A verdade é que correram atrás depois de pegos no contrapé irrefutável. Nem mais, nem menos. A verdade, é que se fosse para fazer um comício político, teriam encontrado terrenos de amigos para fazer isso, como aconteceu na campanha política. E há aos montes. Poderia até ser naquela ligação que se enrola para ser aberta entre as avenidas Francisco Mastella e Frei Godofredo


Os membros do governo de Kleber tratam as pessoas como imbecis, a imprensa aceita o rótulo e cola ele no peito. Talvez porque não tenha idosos parentes seus e queridos expostos ao Covid-19 como se ficaram os que foram ao João dos Santos no domingo passado.


E para encerrar esse show de incoerências, impropriedades e marquetagem de políticos irresponsáveis que estão no poder de plantão em Gaspar.


Depois de perder a corrida em algo que estava disponível, por preguiça ou incompetência do governo e da sua equipe feita de curiosos empregados às pencas em cargos comissionados, Kleber foi "surpreendido" por um Projeto de Lei do único vereador - dos 13 - que não pertence a Bancada do Amém, Dionísio Luiz Bertoldi, PT.


O Projeto permite à compra da vacina contra a Covid-19 pela prefeitura.


De imediato, o líder de Kleber na Câmara, o mais longevo dos vereadores, José Hilário Melato, PP, pulou no pescoço desqualificando o PL de Dionísio. Alegou para isso, vejam só, falsamente, que essa compra nem seria possível pela prefeitura.


Nem ler leis aprovadas e noticiário recente sobre o assunto Melato foi capaz antes de se meter no ridículo. No negócio dele era desqualificar a iniciativa e não somar esforços com o governo pelos gasparenses. Coisa de doido.


Concluindo e encerrando. Se realmente Kleber e seus "çabios" estivesse afim de levar a sério à proteção dos idosos e da população contra a Covid-19 para a vida entre nós voltar ao normal e se ter mais emprego e renda, teria absorvido a ideia de Dionísio e não a desqualificada por seu representante. Kleber está num silêncio só sobre o assunto.


Porque na propaganda política do poder de plantão, só as ideias e feitos de Kleber e sua gente valem para Gaspar, mesmo que sejam à custa do sacrifício da maioria ou da exposição de gente vulnerável, como aconteceu no domingo no ginásio João dos Santos. Acorda, Gaspar!