Buscar
  • Herculano

FALTA DE CIDADANIA GERA MAIS CUSTO NO LIXO E NOVA LICITAÇÃO


O dia não é mais apropriado. No dia Primeiro de Abril, o da mentira, a prefeitura de Gaspar vi fazer o pregão, que ela estimou inicialmente em R$36,6mil. É para a coleta do que ela está chamando de recepção, triagem, tratamento e disposição final dos resíduos da coleta especial, provenientes de imóveis residenciais situados no município


E o que esta tal coleta especial?


É a eletrodomésticos (linha branca) e móveis em geral, tais como sofás, colchões, poltronas, armários, guarda-roupas, mesas, cadeiras, estantes e demais móveis fabricados em madeira, inteiros ou desmontados nas rus de Gaspar, por gente sem consciência, que enfeiam à cidade e contribuem para o aumento de doenças entre nós e a proliferação de insetos e animais peçonhentos.


E ai você pensa que é gente pobre e de periferia que faz isso. Até é! Mas, tem muito metido bacana nas festas, bares, restaurantes, viagens internacionais, páginas e redes sociais daqui do Centro que tem esse abominável mau hábito.


É capaz de tirar o entulho de casa, colocar no carro, quando não aluga um veículo, ou seja, gasta, para atirar longe dali, num bairro distante e periférico, na beira da estrada, no terreno baldio que não é seu ou até no ribeirão e rio. Vergonha!


Estimou-se que este tipo de descarte no ano passado girou em torno de 50 toneladas.


A princípio, este tipo de coleta terá regras, e há até possibilidade de se solicitar este serviço.


Atenção, antes que a esbórnia começa por aqui e sempre pelos que se acham poderosos e acima da lei: os materiais volumosos de madeiras descartados em obras de construção civil, reformas, podas e demais materiais provenientes de limpeza de jardins e terrenos, ou corte de árvores não estarão incluídos.