Buscar
  • Herculano

BELCHIOR ISOLADO. FALTAM ÔNIBUS AOS TRABALHADORES DE LÁ


A Rua Bonifácio Haendchen, a principal do centro do Belchior Alto, no Distrito do Belchior, em Gaspar, ligação entre Luiz Alves e Blumenau.


O Belchior é um Distrito, mas só no título. Com tantos trabalhadores, estudantes e um vale que se move pelo turismo para a propaganda de Gaspar, ele não possui um sistema mínimo de transporte coletivo que integre o Distrito.


O Planejamento da cidade ignora que haja vida própria, principalmente na localidades que se denominam de Alto e Central -, ou que o Distrito ligue minimamente com as Carolinas, o Baixo, com Gaspar e até mesmo com Blumenau, aliás, onde o Distrito está mais identificado com as Fortalezas e Itoupavas.


É uma obrigação do município dar este transporte coletivo. É dever custeá-lo, inclusive. Por isso mesmo é que ele faz concessão para que uma empresa o explore. Gaspar possui até uma diretoria de Transporte Coletivo. E ela, mais uma vez, vem se mostrando uma área decorativa e própria apenas retribuição no empreguismo político. Simples assim!


Ora, se a que está executando o contrato perneta emergencial para a prefeitura, a Safira, não quer explorar este pedaço da cidade, que diga logo e expressamente. E que a prefeitura vá atrás de uma solução para os moradores, trabalhadores e estudantes do Distrito do Belchior.


Esta semana, soube-se que a única linha que passava por lá e que ligava Luiz Alves a Blumenau, está sendo desfeita. E está, porque a empresa sucessora da Auto Viação Rainha não possui mais interesse nela, diante da falta de passageiros a partir de Luiz Alves, a concessão de décadas do Deter.


Antes e durante o período eleitoral havia um discurso voltado para a solução do que parecia um problema grave. Agora, há desculpas nas redes sociais e abandono pelos políticos que dizem defender o Distrito do Belchior. Todos sabiam o que estavam fazendo. Sabiam do possível desfecho e que se consagra agora. E falta de aviso, não foi. Acorda, Gaspar!