Buscar
  • Herculano

AS DUAS FACES DE UMA MESMA PREOCUPAÇÃO. COVID-19 AUMENTA



O prefeito Kleber Edson Wan Dall, MDB, encontrou uma forma de reaparecer na comunidade, entidades e instituições: alertar sobre a possibilidade de recrudescimento da Covid-19 entre nós. Faz bem. É o papel dele. E é uma possibilidade real.


Mas, três observações são necessárias.


Essa mesma disposição Kleber e os seus na poderosa coligação partidária que armou para continuar no poder não tiveram durante a campanha eleitoral. Os números da doença entre nós mostram que se falhou - e muito na época. Já relatei isso.


Outra. O que adianta o prefeito fazer um discurso e na prática não agir?


Há bailões sendo feitos com ampla divulgação nas mídias sociais. São de seus correligionários e a prefeitura finge que não é com ela. Há programação pública com explícita colaboração nos anúncios da própria prefeitura.


Então está se exigindo o sacrifício dos outros? É isso? Ou pior: apenas está usando a Covid-19 para ter um mote para se reaproximar da comunidade e dos servidores depois de capar 400 empregos efetivos para terceirizá-los - motivo de lives internas? Foi esse jogo duplo que pegou o populista prefeito de Chapecó, João Rodrigues, PSD, perder a batalha da cidade para a doença. Agora, ele está se explicando e culpando os cidadãos.


Por fim. Se as cepas originárias do Amazonas e oeste do Pará circular por aqui, de onde vêm muitos migrantes atrás de empregos por aqui, tudo vai se complicar.


Com distanciamento, higienização constante das mãos, diminuição de festas e uso intensivo de máscaras resolve muito a circulação do vírus e não impede as atividades econômicas, mas o próprio governo não é exemplo entre os seus.


A UTI Covid de Gaspar que ocupa em média três de seus leitos, já está com seis deles ocupados, quase todos importados de outros municípios, mandados pela regulação estadual. Acorda, Gaspar!